o maracujá é um fruto produzido pelas plantas do gênero Passiflora, da família Passifloraceae, também, conhecidas como maracujazeiro e encontradas, principalmente, nas zonas tropicais e subtropicais da América. O fruto é utilizado especialmente para produzir suco ou polpa de maracujá.

benefícios

  • Potente ação antioxidante.
  • Auxilia no funcionamento intestinal (sementes).
  •  Otimiza a produção de energia pelas células.
  •  Auxilia na prevenção de doenças crônicas.
  •  Previne o envelhecimento celular precoce.
  •  Efeito calmante.

criptoxantina

é um tipo de carotenoide, conhecido pelas suas propriedades antioxidantes, que reduz potencialmente o estresse oxidativo e os danos celulares provocados pelos
radicais livres. Além disso, é considerado um precursor da vitamina A, transformando-se em retinol e conferindo os benefícios promovidos por essa vitamina.

nutrientes

Pectina
Vitamina C
Betacaroteno
Piacetanol
Quercetina Alcaloides

Calmante natural!

determinados estudos sugerem que o maracujá pode ajudar a aliviar a insônia e a ansiedade devido aos alcaloides presentes em sua composição. Essa concentração auxilia no aumento do nível de ácido gama-aminobutírico (GABA) a nível cerebral, pois promove ação relaxante e calmante.

informação nutricional

tabelamaracuja_tabela_limao cópia 15

como consumir

Polpa | Sucos | Farinha de casca de maracujá | Receitas culinárias

tipos mais comuns

Maracujá-amarelo

Maracujá-doce

Maracujá-roxo

maracujá & nutrição

a farinha da casca do maracujá-amarelo é obtida a partir da trituração da casca do fruto, fornecendo quantidades elevadas da fibra pectina com ação na promoção do aumento de volume do bolo alimentar e da viscosidade das soluções no trato gastrointestinal, assim, conferindo efeito sobre a saciedade e redução do pico glicêmico.

compartilhe esse conteúdo #DoBem com seus pacientes

referências

WONDRACEK, D. C. Caracterização e diversidade genética de acessos de maracujá do cerrado com base no perfil de carotenoides. 2009, Dissertação (Mestrado em Agronomia e Medicina Veterinária) – Universidade de Brasília, Brasília, 2009.
DHAWAN, K.; SHARMA, A. Review. Passiflora: a review update. Journal of Ethnopharmacology, Lausanne, v. 94, p. 1-23, 2004.
SILVA, Sandra Regina da; MERCADANTE, Adriana Z. Composição de carotenóides de maracujá-amarelo (Passiflora edulis flavicarpa) in natura. Ciênc. Tecnol. Aliment., Campinas, v. 22, n. 3, p. 254-258, dez. 2002.
NGAN, A; CONDUIT, R. A double-blind, placebo-controlled investigation of the effects of Passiflora incarnata (passionflower) herbal tea on subjective sleep quality. Phytother Res., v. 25, n. 8, p. 1153-9, Aug. 2011.
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO. Tabela de Composição Química dos Alimentos. Disponível em: <http://tabnut.dis.epm.br/index.php/alimento/09231/maracuja-vermelho-cru>. Acesso em:  09 ago. 2017.
COQUEIRO, A; PEREIRA, J; GALANTE, F. Farinha da casca do fruto de Passiflora edulis f. flavicarpa Deg (maracujá-amarelo): do potencial terapêutico aos efeitos adversos. Rev. Bras. Pl. Med., Campinas, v.18, n.2, p. 563-569, 2016.