O figo (Ficus carica L.) caracteriza-se pelo alto conteúdo hídrico, em torno de 82,2%, e de carboidratos, dos quais os principais são açúcares solúveis, responsáveis pelo sabor adocicado, principalmente, quando está em sua forma desidratada.

benefícios

  • Ação no equilíbrio alcalino do organismo.
  • Equilíbrio calórico.
  • Auxilia na ação antioxidante.
  • Contribui para o funcionamento intestinal.

potássio

nutriente fundamental para equilibrar a acidez sanguínea e promover a alcalinidade do organismo. Além disso, é o principal responsável pela transmissão neural, pela contração muscular e pelo tônus vascular.

nutrientes

Fibras alimentares

Boro

Antocianinas

Cobre

Vitamina A

uso culinário do figo!

O consumo de figo costuma ser in natura ou industrializado na forma de doces em compota. Os frutos das figueiras devem ser colhidos em diferentes estágios de maturação. Os figos verdes se destinam à industrialização de doces em compotas; os inchados, à produção do figo-rami (espécie diferente da fruta); e os maduros, à produção de doces em pasta ou ao consumo in natura.

informação nutricional

tabela_nutripedia_dobem_e4_tabela_acerola

como consumir

In natura | Com saladas | Desidratado

tipos mais comuns

Ficus carica smyrniaca

Ficus carica intermedia

Ficus carica intermedia

figo & nutrição

O figo fresco apresenta alto teor de água, por isso, tem baixa caloria. Em dietas de emagrecimento, é uma alternativa interessante para os lanches intermediários. Já o figo seco, por estar em sua forma desidratada, concentra mais nutrientes e maior valor calórico, sendo recomendado seu consumo em um pré-exercício, para fornecer energia.

compartilhe esse conteúdo #DoBem com seus pacientes

referências

CAETANO, P. et al. Processamento e qualidade de compotas de figo diet e convencional. Braz. J. Food Technol., Campinas, v. 20, e2016026, p. 1-8, 2017.
CAETANO, P. et al. Processamento e qualidade de compotas de figo diet e convencional. Braz. J. Food Technol., Campinas, v. 20, e2016026, p. 1-8, 2017.
CAETANO, P. et al. Processamento e qualidade de compotas de figo diet e convencional. Braz. J. Food Technol., Campinas, v. 20, e2016026, p. 1-8, 2017.
Disponível em: <http://189.28.128.100/dab/docs/portaldab/publicacoes/livro_alimentos_regionais_brasileiros.pdf>. Acesso em: 19 dez. 2017.
CAETANO, P. et al. Processamento e qualidade de compotas de figo diet e convencional. Braz. J. Food Technol., Campinas, v. 20, e2016026, p. 1-8, 2017.

 

Tags