O caju que é conhecido popularmente como um fruto do cajueiro Anacardium occidentale, na verdade, trata-se de um pseudofruto. Constitui-se em duas partes: o fruto propriamente dito, que é a castanha, e seu pedúnculo floral (pseudofruto), que é um corpo piriforme, amarelo, rosado ou vermelho.

benefícios

  • Diminui a peroxidação lipídica no cérebro.
  • Minimiza os danos oxidativos.
  • Controla os níveis de colesterol sanguíneos.
  • Contribui para a formação do tecido conjuntivo.

ácido gálico

O pseudofruto do caju apresenta quantidade significativa de ácido gálico, um composto fenólico com potente capacidade antioxidante, pois reduz a produção acumulada de radicais livres no organismo gerados pela exposição a fatores ambientais e hábitos inadequados, que podem desencadear processos oxidativos associados ao envelhecimento precoce e o desenvolvimento de doenças crônicas não transmissíveis. Possui também atividade antimutagênica e antimicrobiana.

nutrientes

Zinco
Selênio
Ácidos graxos poli-insaturados
Fósforo.
Magnésio
Beta-caroteno
Vitamina C.

o maior cajueiro do mundo

Em Piranji, no Rio Grande do Norte, um cajueiro é considerado atração turística: ele ocupa muitos quilômetros, emitindo raízes de seus galhos e formando novos troncos. Assim, formou-se o chamado bosque de cajus que tem origem apenas nesse local e atrai turistas do mundo todo.

informação nutricional

tabela nutricional dobem expert

como consumir

Pseudofruto | Castanha de caju | Suco | Caju-passa

tipos mais comuns

Cajueiro comum
Anacardium microcarpum

Cajueiro anão
Cassuvium pomiverum

caju & nutrição

Com uma diversidade de benefícios, o caju apresenta propriedades funcionais tanto na sua polpa, como na castanha e no óleo. Os compostos fenólicos presentes ajudam a inibir a proliferação de células cancerígenas e atuam como antioxidantes na redução do estresse oxidativo. O óleo de castanha de caju pode ser matéria-prima para a síntese da lasiodiplodina, uma substância conhecida por atuar contra a leucemia, por conta do seu potencial de ação na destruição de linhagens dessas células tumorais.

compartilhe esse conteúdo #DoBem com seus pacientes

referências

EMBRAPA. Disponível em: <http://www.agencia.cnptia.embrapa.br/gestor/caju/arvore/CONT000fi8wxjm202wyiv80z4s473zfjkkt9.html>. Acesso em: 31 jan. 2017.
FILHO, W. Características físicas e químicas de caju (Anacardium occidentale). Tecnol. & Ciênc. Agropec., João Pessoa, v. 10, n. 5, p. 23-28, jul. 2016.

BROINIZI, P. R. B; et al. Propriedades antioxidantes em subproduto do pedúnculo de caju (Anacardium occidentale L.): efeito sobre a lipoperoxidação e o perfil de ácidos graxos poli-insaturados em ratos. Rev. Bras. Cienc. Farm., São Paulo, v. 44, n. 4, p. 773-781, Dec. 2008.
BARBOSA, V. F. Caracterização do perfil da ação do ácido gálico e seus derivados sobre processos oxidativos in vitro e ex vivo. 2010. 82 f. Dissertação (mestrado) – Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Farmacêuticas, 2010. Disponível em: <http://hdl.handle.net/11449/87981>. Acesso em: 31 jan. 2017.

ALVES, M.S.O; ALVES, A.M; NAVES, M.M.V. Compostos bioativos e atividade antioxidante de pseudofrutos de caju arbóreo do Cerrado. Rev Inst Adolfo Lutz., São Paulo, v. 72, n. 4, p. 327-31, 2013.
ALVES, M.S.O; ALVES, A.M; NAVES, M.M.V. Compostos bioativos e atividade antioxidante de pseudofrutos de caju arbóreo do Cerrado. Rev Inst Adolfo Lutz., São Paulo, v. 72, n. 4, p. 327-31, 2013.
VIEIRA, L.M; et al. Fenólicos totais e capacidade antioxidante in vitro de polpas de frutos tropicais. Rev. Bras. Frutic., Jaboticabal – SP, v. 33, n. 3, p. 888-897, set. 2011.
BARBOSA, V. F. Caracterização do perfil da ação do ácido gálico e seus derivados sobre processos oxidativos in vitro e ex vivo. 2010. 82 f. Dissertação (mestrado) – Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Farmacêuticas, 2010. Disponível em: <http://hdl.handle.net/11449/87981>. Acesso em: 31 jan. 2017.
Folha de São Paulo. O maior cajueiro do mundo. Disponível em: <http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2011/01/862148-poda-de-maior-cajueiro-do-mundo-vira-briga-na-justica-no-rn.shtml>. Acesso em: 31 jan. 2017.
UNIVERSIDADE DE CAMPINAS (UNICAMP). Tabela de Composição dos Alimentos – TACO. Disponível em: <http://www.unicamp.br/nepa/taco/contar/taco_4_edicao_ampliada_e_revisada >. Acesso em:  31 jan. 2017.
CHERMAHINI, S.H.; MAJID, F.A.A. Cosmeceutical values, antimicrobial activities and antioxidant properties of cashew leaves extract. African Journal of Biotechnology, v. 10, n. 65, p. 14573-14582, 2011.
KONAN, N.A. et al. Cytotoxicity of cashew flavonoids towards malignant cell lines.  Experimental and Toxicologic Pathology, v.64, p.453-440, 2012.