A aveia (Avena L.), é uma planta pertencente à família Poaceae. Seu gênero é composto por aproximadamente 450 espécies, sendo as mais cultivadas a Avena sativa e Avena byzantina. É um cereal rico em fibras que pode ser encontrado na forma de farinha, flocos e farelo.

benefícios

  • Modula a microbiota intestinal;
  • Auxilia no controle da glicemia;
  • Promove saciedade;
  • Diminui a absorção de colesterol exógeno.

β- glucanas

As fibras responsáveis pela diminuição do colesterol são as beta-glucanas, presentes no farelo de aveia, sendo responsáveis por formar soluções viscosas e promover aumento da viscosidade do bolo alimentar e retardo na absorção de nutrientes. Ainda, reduz o índice glicêmico pós-prandial e, de forma significativa, diminui a quantidade de LDL colesterol no plasma sanguíneo.

nutrientes

Magnésio
Zinco
Vitamina E
Tiamina
Ácido pantotênico
β- glucanas

aveia & glúten

O cereal isoladamente não contém glúten, mas como na maior parte do mundo, ele é processado junto ao trigo, que é considerado um dos alimentos perigosos para os celíacos. Por isso, é importante sempre verificar na embalagem o que deve constar e se há traços dessa proteína.

informação nutricional

tabela nutricional dobem expert

como consumir

Flocos | Farelo | Farinha | Bebida vegetal

tipos mais comuns

Avena sativa

Avena byzantina

aveia & nutrição

As fibras alimentares presentes neste cereal atuam com substrato para a fermentação de bactérias presentes no intestino. Com esse processo, ocorre a produção de ácidos graxos de cadeia curta, como butirato e acetato, responsáveis por diversos efeitos metabólicos no organismo, principalmente, relacionados as doenças inflamatórias intestinais.

compartilhe esse conteúdo #DoBem com seus pacientes

referências

http://www.minhavida.com.br/alimentacao/tudo-sobre/16691-aveia-o-cereal-que-regula-o-intestino
MIRA, G.S; GRAF, H; CÂNDIDO, M.B. Visão retrospectiva em fibras alimentares com ênfase em betaglucanas no tratamento do diabetes. Brazilian Journal of Pharmaceutical Sciences, v. 45, n. 1, p. 11-20, mar. 2009.
MIRA, G.S; GRAF, H; CÂNDIDO, M.B. Visão retrospectiva em fibras alimentares com ênfase em betaglucanas no tratamento do diabetes. Brazilian Journal of Pharmaceutical Sciences, v. 45, n. 1, p. 11-20, mar. 2009.
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO. Tabela de Composição Química dos Alimentos. Disponível em: <http://tabnut.dis.epm.br/index.php/alimento/09132/uva-rosa-ou-verdetipo-italia-crua>. Acesso em:  30 jan. 2017.
LEITE, J. I. A; LEONEL, A. J; FERREIRA, T. M. Efeito do butirato na função colônica. In: COSTA, N. M. B; ROSA, C. O. B. Alimentos funcionais: Componentes bioativos e efeitos fisiológicos. Rio de Janeiro: Editora Rubio, 2010, cap 9. p. 144-151.