O papel do café da manhã como parte essencial de uma dieta saudável vem sendo uma discussão na ciência da nutrição, nos últimos anos. Essa refeição era considerada a principal do dia, visto que ela interrompe o jejum noturno e repõe macro e micronutrientes utilizados em reações celulares durante o sono.

As crescentes evidências científicas sobre este assunto são controversas, principalmente quando relacionam o impacto sobre a composição corporal. De acordo com uma revisão, a realização do café da manhã é recomendada como parte da dieta, pois está associada a uma ingestão mais saudável de macro e micronutrientes, melhora de índice de massa corporal e estilo de vida, além de manter aspectos afetivos e sociais.

Além disso, estudos recentes demonstram que o café da manhã pode melhorar a função cognitiva, a percepção intuitiva e o desempenho acadêmico. Certas pesquisas demonstram a importância de se realizar o café da manhã não apenas para crianças, mas também para adultos e idosos. Deve ser composta por alimentos nutricionalmente completos, contudo os dados epidemiológicos de países industrializados revelam que a maioria dos indivíduos escolhe uma composição inadequada e desequilibrada para esta refeição. Determinadas evidências também sugerem que a qualidade do café da manhã habitual, fornecendo uma maior variedade de grupos alimentares e energia adequada, foi positivamente relacionada ao desempenho escolar de crianças e adolescentes.

Ressalta-se que o valor histórico, biopsicológico e educacional do café da manhã na cultura é extremamente importante e deve ser reconhecido e enfatizado pela comunidade científica em busca de promover essa prática para a saúde e o bem-estar individual.

Por ser a primeira refeição do dia, o café da manhã equilibrado e balanceado deve conter todos os macronutrientes: proteínas, carboidratos e lipídeos. Os carboidratos e lipídeos são destinados a dar mais disposição e energia para as tarefas do dia, seja trabalho ou estudo. Pensando em composição, o ideal é escolher uma fonte de proteína magra, presente em sementes e bebidas vegetais, um carboidrato nutritivo, como a aveia em flocos, frutas e sucos integrais, e uma fonte de lipídeo como o coco ou o abacate.

Os sucos integrais do bem™ são feitos apenas com a fruta inteira e mais nenhum ingrediente. Eles fornecem uma alta qualidade nutritiva, como antioxidantes, vitaminas e minerais, responsável por promover benefícios ao equilíbrio do organismo, bem como facilitar a promoção de energia celular. No café da manhã, é uma ótima opção para ser escolhida, associada com outros alimentos nutritivos. Um exemplo de café da manhã saudável:

– Suco de laranja integral do bem™

– Ovos mexidos com especiarias – açafrão, sal e orégano.

– Banana aquecida e amassada com lascas de coco.

REFERÊNCIAS

AFFINITA, A. et al. Breakfast: a multidisciplinary approach. Journal of Pediatrics, v. 39, n. 44, p. 1-10, 2013.

ADOLPHUS, K.; LAWTON, C.; DYE, L. The effects of breakfast on behavior and academic performance in children and adolescents. Frontiers in Human Neuroscience., v. 7, n. 425, 2013.

KAMADA, I. et al. The impact of breakfast in metabolic and digestive health. Gastroenterology and Hepatology From Bed to Bench, v. 4, n. 2, p. 76-85, 2011.