1. Quais são os principais benefícios nutricionais do suco de uva?

O suco de uva é considerado excelente fonte de polifenóis, compostos bioativos que apresentam efeitos positivos para a promoção a saúde, especialmente cardiovascular. Uma de suas funções é favorecer a vasodilatação (aumento do calibre dos vasos sanguíneos para passagem de sangue) e a redução da inflamação em pacientes com doenças coronarianas por um mecanismo de diminuição e inibição na síntese de marcadores inflamatórios. O resveratrol é o composto polifenólico em maior abundância no suco de uva.

As catequinas, compostos da mesma classe dos polifenóis, também são encontradas nas uvas roxas e podem contribuir para a prevenção de alguns tipos de câncer e no controle de dislipidemias (redução do colesterol), além de fortalecer e estimular o sistema imune. Todos estes bioativos possuem capacidade antioxidante e, por conta disso, promovem a redução dos radicais livres produzidos em excesso nas células. A redução do estresse oxidativo e a concentração de radicais livres promove a minimização de desordens neurodenegerativas e melhora da cognição.

2. Qual o principal diferencial do suco de uva para o suco de uva integral?

O suco de uva integral se diferencia do suco de uva tradicional por ser 100% à base de frutas naturais e espremidas sem adição de açúcares e conservantes. Os sucos tradicionais costumam receber a adição de água para aumentar o volume, além de outros componentes responsáveis pela conservação e dulçor (açúcares e edulcorantes). O suco integral, por conter apenas a fruta, é mais rico em fitoquímicos e promove maiores benefícios ao equilíbrio corporal.

3. Existe uma regularidade de consumo indicada para se beneficiar do consumo de suco de uva?

Não há uma quantidade estipulada de consumo fixo de suco de uva por dia, mas os estudos mostram que os benefícios mencionados, principalmente para o tratamento de doenças cardiovasculares e melhora dos processos cognitivos, são de 230 a 300ml ao dia, em relação ao suco integral sem adição de açúcar e conservantes.

4. Existe algum momento que o suco de uva é mais indicado? (ex.: durante a gravidez, na terceira idade, durante o crescimento…)

O suco de uva pode ser consumido em todas as fases da vida, durante a gestação, na terceira idade, por crianças, adolescentes e adultos. Sua alta densidade de nutrientes promove efeitos positivos para a saúde, independentemente da idade. O suco integral, que é feito 100% com a fruta, tem como diferencial a ausência de açúcares e conservantes, sendo seguro para consumo em qualquer período.

Um estudo (2017), em especial, demonstrou que o consumo de 230ml de suco de uva favorece o processo cognitivo e a melhora do humor, efeitos importantes para idosos, pois normalmente sofrem com a perda gradual de neurocognição devido ao processo de envelhecimento.

5. A embalagem do produto faz diferença? Quais são os benefícios de consumir o suco de uva de uma embalagem de vidro?

O suco de uva integral do bem™ é formulado à base de frutas espremidas e 100% naturais, comercializado atualmente em recipiente de vidro. Esta embalagem de vidro é uma opção para consumir um suco natural isento de conservantes, sem abrir mão de sua praticidade e com maior concentração nutricional e segurança de embalagem. A garrafa de vidro permite que o conteúdo seja refrigerado, ao mesmo tempo que reduz o risco de contaminação, além de possibilitar melhor conservação dos nutrientes, do sabor e da qualidade.

O vidro, por sua vez, é um material não poroso e que tem como vantagem a não transmissão de odores e sabores indesejáveis aos alimentos, permitindo que a reutilização da embalagem seja 100% sustentável. O recipiente de vidro é isento de substâncias tóxicas ao organismo, como bisfenol A ‒ composto químico adjuvante, encontrado em embalagens de baixa qualidade, como materiais feitos com plástico. A ciência já comprova os malefícios para o metabolismo corporal advindos do bisfenol A e assegura que bebidas armazenadas em vidro são mais indicadas para o consumidor.

REFERÊNCIAS

HASKELL-RAMSAY, C.F. et al. Cognitive and mood improvements following acute supplementation with purple grape juice in healthy young adults. European journal of nutrition, v. 56, n. 8, p. 2621-31, 2017.

RASINES-PEREA, Z.; TEISSEDRE, P.L. Grape polyphenols’ effects in human cardiovascular diseases and diabetes. Molecules, v. 22, n. 1, jan. 2017.

RITSCHEL, P.S.; QUECINI, V. Suco de Uva. Embrapa Uva e Vinho. In: RITSCHEL, P.S.; QUECINI, V. Uma pitada de biodiversidade na mesa dos brasileiros. Brasília, DF: 2014. p. 156.

SILVESTRE, J. et al. Efeito agudo da ingestão de concentrado de uva sobre os biomarcadores do estresse oxidativo em triatletas. Rev Bras Cineantropom Desempenho Hum, v. 16, n. 5, p.533-544, 2014.

BERNARDO, S.A. et al. Bisfenol A: o uso em embalagens para alimentos, exposição e toxidade – Uma Revisão. Revista Inst Adolfo Lutz, v. 74, n. 1, p. 1-11, 2015.