Nutrição e esporte são duas áreas que se complementam. Os brasileiros estão, cada vez mais, adotando o hábito de praticar atividades físicas em busca, principalmente, de resultados na composição corporal e na performance esportiva de atletas profissionais.

De acordo com dados da pesquisa Vigitel (Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico) do Ministério da Saúde (2013), estima-se que 33,8% das pessoas acima de 18 anos realizam exercícios programados, um aumento de 12,6% nos últimos cinco anos. Uma dieta equilibrada em termos de macronutrientes, sobretudo, de carboidratos, é essencial para dar o gás necessário na manutenção da performance e rendimento esportivo.

A literatura aponta que uma alimentação com restrição de carboidratos implica diretamente na redução do glicogênio muscular e hepático, prejudica o desempenho em exercícios de elevada intensidade e acelera o processo de fadiga. Nesse sentido, orientações importantes como incluir cereais integrais, tubérculos, aumentar a quantidade de frutas diárias e optar sempre por sucos naturais e/ou água de coco – devido sua capacidade hidroeletrolítica -, podem contribuir para potencializar o treino e as competições.

Em estudo de Silvestre et al. (2014), foi avaliado o efeito da bebida concentrada de uva sobre o estresse oxidativo em triatletas. Estes receberam bebida de uva ou placebo no desjejum e após sessão de treinamento extenuante. Os resultados encontrados para substâncias reativas à determinadas moléculas que induzem estresse ao organismo sugerem que a bebida concentrada de uva exibe potencial antioxidante na modulação do estresse oxidativo induzido pelo exercício. Kalman et al. (2012), por sua vez, avaliaram a água de coco jovem e madura na melhora de parâmetros anti-inflamatórios e antioxidantes e de hidratação. Dentre os resultados, foi observado que a água de coco possui rica composição nutricional, sobretudo, de flavonoides capazes de atuar na inibição da síntese de prostaglandinas e cinetina.

A do bem™ conta com o suco integral de uva e a água de coco. Os sucos integrais de uva do bem™, encontrado nas versões 200ml, 330ml e 1 litro, são ótimas opções para o planejamento dietético do esportista e atleta, em função de seu elevado teor de antioxidantes. Já a água de coco do bem™ é uma eficiente repositora de eletrólitos e tem capacidade hidratante, especialmente, por não conter adição de ingredientes artificiais. 

  

REFERÊNCIAS

BRASIL. Ministério da Saúde. Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico – VIGITEL. Disponível em: <https://biavati.files.wordpress.com/2014/05/vigitel-2013.pdf>. Acesso em: 10 outubro 2018.

KALMAN, D. S. et al. Comparison of coconut water and a carbohydrate-electrolyte sport drink on measures of hydration and physical performance in exercise-trained men. Journal of the International Society of Sports Nutrition, v. 9, n. 1, p. 1-10, 2012.

RAO, S. S., NAJAM, R.  Coconut water of different maturity stages ameliorates inflammatory processes in model of inflammation. Journal de Etnofarmacologia Intercultural, v. 5, n. 3, p. 244-249, 2016.

SARTORIUS, K. et al. Does high-carbohydrate intake lead to increased risk of obesity? A systematic review and meta-analysis. BMJ Open, v. 8, p. 1-9, 2018.

SILVESTRE, J.C. et al. Acute effect of a grape concentrate intake on oxidative stress markers in triathletes. Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano, v. 16, n. 5, p. 533-544. 2014.