O terrorismo nutricional é um termo utilizado atualmente para designar o medo ou receio que muitas pessoas têm em consumir alguns alimentos considerados “vilões da dieta”. O coco é um deles, excluído dos hábitos alimentares por conta da sua quantidade de gordura saturada e dos possíveis malefícios à saúde. Todavia o contrário já é comprovado em estudos. A rica composição nutricional dessa fruta promove benefícios ao organismo de diversas maneiras devido à alta concentração de ácidos graxos de cadeia média, que são metabolizados diretamente por via hepática e fornecem energia de forma mais rápida. Sua versatilidade também deve ser ressaltada e indicada no planejamento alimentar do seu paciente. Veja como: 

Água de coco

A água de coco corresponde a 25% do peso do fruto e sua composição básica é de 95,5% de água, 4% de carboidratos, aminoácidos arginina, cistina e serina, vitamina C, vitaminas do complexo B e sais minerais, contribuindo com diversas propriedades funcionais ao organismo, principalmente, na hidratação. A água de coco, por fornecer vitamina C, promove potentes efeitos antioxidantes.

Leite de coco

O leite de coco é um produto obtido a partir da trituração e prensagem da polpa albuminosa do coco maduro, que se difere da água em seu interior. É largamente utilizado na gastronomia e tem todas as propriedades nutricionais da polpa do fruto.

Polpa de coco

A polpa do coco é a principal parte da fruta e é rica em ácidos graxos da cadeia média que apresentam rápida absorção no intestino, proporcionando um efeito anticatabólico em razão da conversão energética que mantém a massa muscular e evita a perda tecidual. Além disso, fornece boas concentrações de flavonoides e fibras alimentares.

As três variações do coco podem ser utilizadas na rotina alimentar diária. O leite de coco é uma ótima opção de substituição do leite de vaca, com baixo potencial alergênico e excelente fonte de nutrientes.

REFERÊNCIAS

CARVALHO, M. R.C.G.C.; COELHO, N.R.A. Leite de coco: aplicações funcionais e tecnológicas. Estudos, Goiânia, v. 36, n. 5/6, p. 851-865, maio/jun. 2009.
FERREIRA, A. M. et al. Utilização dos ácidos graxos no tratamento de feridas: uma revisão integrativa da literatura nacional. Rev Esc Enferm USP, v. 46, n. 3, p. 752-60, Out. 2012.
BHAGYA, D.; PREMA, L.; RAJAMOHAN, T. Beneficial Effects of Tender Coconut Water on Blood Pressure and Lipid Levels in Experimental Hypertension. J Cell Tissue Res., v. 10, n. 1, p. 2139-44, 2010.