Por: Anvisa

Publicado: 19 de Dezembro de 2017

Dois produtos não registrados na Anvisa, que atribuíam funções “milagrosas” para o tratamento de diabetes, foram vetados. Como não tinham registro, as funções não eram devidamente comprovadas pela Agência, o que torna os produtos irregulares.

O primeiro, Natural-D – Tratamento Avançado, alegava causar diminuição no índice de açúcar no sangue e aumento na produção de insulina, conseguindo reverter a Diabetes Tipo 2, Pré-Diabetes e reduzir em até 83% a quantidade de insulina aplicada na Diabetes Tipo 1.

O outro produto, Control PRO – Premium, prometia melhora do sistema imunológico, redução da insulina, auxílio no controle da glicose e melhora na visão. Os dois vêm de fabricantes desconhecidos.

Os sites que veiculavam os produtos também foram proibidos de fazer propagandas e publicidades sobre os suplementos em todo o território nacional.

As decisões foram publicadas nas Resoluções RE 3274/2017 e RE 3277/2017, no Diário Oficial da União.